Equipe especializada com guias experientes.

Rota azul 8 dias Chefchaouen.

Rota Azul 8 Dias Chefchaouen.

Dia 01 : Chegada a Casablanca – Chefchaouen.


Dependendo do horário de chegada faremos uma visita a Mesquita de Hassan II e saída para a cidade azul ( chefchauen).

Noite em hotel.

Casablanca

Dia 02: Chefchauen – Volubilis – Meknes – Fes.

Café da manhã.

Visita na cidade azul com paradas e visitas no caminho que nós leva a cidade histórica de Fès

noite em Fès: hotel.

Fès

Dia 03: Visita cultural na cidade de Fès.

Café da manhã.

O dia será dedicado à descoberta da cidade histórica de Fès, a mais antiga das cidades imperiais, fundada por Idriss II, visita ao centro de irradiação da cultura árabe-muçulmana, visita a Mesquita de Andaluzes, ao curtume, ao bairro das olarias e na Medina.

Almoço e seguimos nossa  visita ao edifício Hispano-Árabe e a Medarsa de Nejjarine. 

Noite no hotel.

Fès

Dia 04: Fes – Azrou – Vale Ziz – Erfoud – Merzouga.

Café da manhã.

Manhã, saída para Midelt através do Médio Atlas,

Parada em Midelt para o almoço.

Tarde, o caminho segue para a cidade de Erfoud, seguindo pelo vale de Ziz, onde podemos ver muitas aldeias fortificadas com sua diferente arquitetura.

A noite chegaremos nas dunas de Merzouga (Erg Chebbi) identificação em um hotel para jantar e pernoitar.

Hotel no deserto

Dia 05: Merzouga – Gargantas de Todra – Vale das Rosas – Ouarzazate.

Café da manhã no acampamento.

Manhã será dedicada para um passeio pelas dunas de areia e também uma visita aos povos nativos com sua cultura milenar, vamos ouvir música, visitar pequenos artesanatos feito pelos próprios habitantes de cultura nomada.

Almoço em uma casa de família local com uma deliciosa comida típica totalmente natural.

A tarde seguiremos seguiremos para a cidade de Ouarzazate.

Tudo ok seguiremos a caminho do palmeiral de Tafilalet para a cidade de Rissani e a cidade de Erfoud.

Da cidade de Erfoud  tomarmos a estrada em direção às Gargantas de Todra.

Jantar e noite no hotel na cidade de Ouarzazate.

Passeio de camelo

Dia 06: Ouarzazate – Kasbah Ait Ben Haddou – Alto Atlas – Marrakech.

Café da manhã no hotel.

Manhã visita à cidade de Ouarzazate, fundada em 1928, a qual se tornou um centro famoso de filmes nacionais e internacionais, ainda na parte da manhã visitaremos o Kasbah Ait Ben Haddou que é considerado Patrimônio Histórico pela UNESCO.

A viagem segue para Marrakech através das montanhas do Alto Atlas onde faremos pausa para o almoço. 

Ao longo do caminho vamos parar várias vezes para sessão fotos e aproveitar as belezas do Alto Atlas.

A tarde chegada em Marrakech .

Uarzazate

Dia 07: Visita na cidade de Marrakech.

Café da manhã no hotel.

O dia será dedicado para visitar a cidade de Marrakech, “A Pérola do Sul”, fundada no século XI.

Pela manhã visita à Koutoubia, aos túmulos Saadianos, aos jardins de Menara, ao Jardim de Marjorelle e o Palácio Bahia.

Almoço na Medina.

Na parte da tarde, visita aos souks, a Medina e a praça de Jemaa El Fna. Para que você possa aproveitar a jornada e caminhar pelas ruas da Medina, a visita será feita a pé com um guia local.

Marrakech

Dia 08: Marrakech – Casablanca.

Traslado para o aeroporto de Casablanca conforme horário do seu voo. 

Marrocos Especial

Preço por uma pessoa 985 euros .

– Incluído:
– Transporte no veículo 4X4 com motorista.

– Guias e tradutores, inglês, português e espanhol conforme a necessidade.
– Alojamento com meia pensão. Guia local.
– Transferências ao aeroporto.
– Passeio de dromedário.

– Não inclui:
– As refeições do meio-dia.
– Bebidas.
– Entradas em monumentos.


Aventura com quadriciclos nas dunas do deserto em Merzouga.

Marrakech a cidade mais badalada de Marrocos.

Marrakech, no Marrocos, fica num oásis entre a cadeia de montanha Atlas, o deserto do Saara e próxima ao mar Mediterrâneo. Também conhecida como Marraquexe, é a quarta maior cidade do Marrocos (atrás de Casablanca, Fez e Tânger) e também uma das quatro cidades imperiais do país, junto com Fez, Mequinez e Rabat – essa última a atual capital do Marrocos.

Por estar localizada num oásis, Marrakech tem bastante água. Até o final do século 19, antes da dominação francesa, a cidade tinha 70 metros quadrados de jardins por pessoa. E não se espante de ver muitas árvores frutíferas. A árvore de laranja amarga é considerada símbolo da cidade.

Marrakech também é chamada de “cidade vermelha”, porque todos os prédios por lá têm a mesma cor terrosa. Além disso, você não encontrará arranha-céus.

PRICIPAIS ATRAÇÕES.

*Praça Jemaa el-Fna.

*A Medina de Marrakech.

*Mesquita Cutubia ou Koutoubia.

*Palácio da Bahia.

*Madraça Ben Youssef.

*Palácio El Badi

*Jardim Majorelle.

DESERTO DO SAARA - DUNAS DE ERG CHEBBI.

Uma visita a Marrocos não fica completa sem ir às famosas dunas de areia que todos conhecemos dos filmes. Falo das dunas de Erg Chebbi, situadas no sudoeste do país, perto da cidade de Merzouga, quase junto à fronteira com a Argélia.

A palavra Erg significa um conjunto de dunas e as de Chebbi têm cerca de 5 Km de largura, 22 Km de comprimento e uma altura que chega aos 150m. Não é fácil ter a percepção do que são 150m de altura de areia solta, a não ser quando lá estamos e enterramos os pés, a subir e descer aquela imensidão de grãos finíssimos.

Mas as dunas de Erg Chebbi são muito mais que simples montes de areia. São um misto de sensações, texturas, formas e cores que se modificam a cada minuto como que por magia. A cor da areia é o que mais impressiona. Dependendo da hora do dia, a areia muda de cor passando pelos amarelos, laranjas, rosas, dourados, castanhos e até preto. As texturas e a forma das dunas mudam ao sabor do vento, como se um escultor estivesse permanentemente a criar novas obras de arte. E as pegadas deixadas nas dunas, desaparecem como se aquela areia nunca tivessem pisado.