Equipe especializada com guias experientes.

Marrocos 2022

Marrocos 2022 Merzouga 

1º Dia Marrakech

Motorista e guia estarão a sua espera no aeroporto conforme o pré combinado.

Recepção no aeroporto, deslocamento e acomodação no hotel.
Resto do dia livre (com veículo e guia à disposição dos participantes, havendo possibilidade de realizar visitas aos locais de interesse da cidade, dependendo da hora de chegada do voo).

Noite em hotel ou Riad.

2º Dia MarraKech – TizinT ichka – Ait Ben Haddou e Ouarzazate

Café da manhã.

De manhã saida de Marrakech atravessando o Alto Atlas através do desfiladeiro de Tizin-Tichka  apresentando seus 2260 metros de altitude sendo o mais alto de Marrocos. Visita a Telouet, com as suas casas de barro que se confundem com as cores da paisagem.

Almoço nas montanhas apreciando tudo de belo que a paisagem nos oferece.

A tarde visita ao Kasbah de Ait Ben Haddou  aldeia fortificada classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Noite em hotel na cidade de  Ouarzazate.



3º Dia Ouarzazate – Vale do Dades – Gargantas do Todra – Erfoud – Merzouga

Café da manhã.

De manhã seguimos pela estrada  conhecida como a rota dos mil kasbahs  ao longo do vale do Dades, com os seus palmares e terrenos cultivados que contrastam com as cores das montanhas.

Almoço no caminho.

a tarde o caminho segue para o leste,  local onde o rio Todra desce do Atlas para alimentar o oásis da cidade de Tinerhir, aqui  encontraremos um desfiladeiro impressionante com escarpas de 300 metros de altura que se erguem do estreito corredor que forma as gargantas do Todra.

Erfoud  nossa próxima parada, cidade famosa pelos seus fósseis, onde é possível visitar as oficinas onde são executadas as mais variadas peças em rocha polida. O dia termina com a chegada a Merzouga  que no saúda com as suas formas esculpidas pelo vento sob um céu impressionante e da imensidão deserto.

Noite em hotel em Merzouga com jantar e café da manhã.



4º Dia Erg-Chebbi (aldeia gnaoua de Khamlia, lago de Merzouga, Hassilabiad)

Café da manhã.

Um dia especialmente para descobrir o deserto o seu povo e sua cultura, visitaremos a aldeia gnaoua de Khamlia, onde músicos e dançarinos descendentes dos escravos negros trazidos outrora para o Marrocos, tocam os seus ritmos tradicionais, visita em Hassilabiad, uma pequena aldeia no sopé das dunas, podemos participar no ritual matinal da feitura do pão berbere que é depois cozido num dos fornos comunitários que servem a população.

Almoço em uma casa de família nomada.

A tarde um tour pelo lago  de Merzouga um local de passagem para centenas de flamingos e outras aves migratórias.

A tardinha voltaremos ao hotel onde deixaremos nossas bagagens em segurança e seguir na caravana de dromedários que nos conduzirá a um oásis no interior das dunas no coração do deserto onde passaremos a noite em um acampamento com toda a comodidade de um hotel.

Noite em acampamento de tendas nômades sob um céu de milhões de estrelas para admirar as cores do sol nascente refletidas nas areias do deserto.

5º Dia Merzouga – Zagora

De manhã muito cedo, nosso guia os levará para ver o nascer do sol no alto das dunas.

Café da manhã no acampamento.

Retorno ao hotel em camelos onde vamos resgatar as bagagens deixadas em segurança. (OBS: no hotel terás direito a um banho quente).

Assim que tudo estiver ok temos inicio o nosso retorno com destino para Zagora.
Começamos nosso caminho para Zagora através das montanhas de Saghro, passando por Alnif e Tazzarine seguindo por uma antiga rota de caravanas nômadas e por um deserto rochoso cortado por campos de dunas de areia que por vezes se estendem pela fronteira da Argélia.

Finalmente chegamos a Zagora aldeia às portas do deserto, que evoca o comércio que outrora era realizado através do Saara.

Noite no hotel em Zagora.

6º Dia: Zagora – Vale do Draa – Ouarzazate – Marrakech.

Café da manhã no hotel.

De manhã seguimos o curso do rio Draa que nasce próximo de Ouarzazate  e assim deixaremos Zagora, as águas do rio do Draa submergem na areia para reaparecerem na costa atlântica a 540 km para oeste,  este rio, outrora foi o mais longo de Marrocos que formou entre Zagora e Ouarzazate um vale impressionante pela sua beleza paisagística que por si só faz valer a viagem até estas paragens.

Almoço no caminho.

A tarde seguiremos Marrakech seguindo por Ouarzazate e as montanhas do Atlas.

A tardinha chegada na cidade de Marrakech para testemunhar a vitalidade da Praça Jemaa el-Fna, um palco gigantesco, junto da entrada dos souks da cidade, onde se pode encontrar de tudo um pouco, encantadores de serpentes, contadores de histórias, músicos, bailarinos, videntes, curandeiros.

Jantar livre no centro de gastronomia da Jemaa El-Fna.

Noite em hotel

7º Dia Marrakech.

Café da manhã no hotel tempo livre e deslocamento até ao aeroporto conforme o horário previsto.

Entre em Contato conosco para qualquer preço de viagem. Obrigado

– Incluído:

– Transporte em veículo 4X4 com motorista.

– Guias em inglês, português e espanhol conforme a necessidade.

– Alojamento com meia pensão. Guia local.

– Transferências do aeroporto.

– Passeio de dromedário.

– Não inclui:

– As refeições do meio-dia.

– Bebidas.

– Entradas em monumentos.

– Passagens aéreas.

Entre em Contato conosco para qualquer preço de viagem. Obrigado.


Aventura com quadriciclos nas dunas do deserto em Merzouga.

Marrakech a cidade mais badalada de Marrocos.

Marrakech, no Marrocos, fica num oásis entre a cadeia de montanha Atlas, o deserto do Saara e próxima ao mar Mediterrâneo. Também conhecida como Marraquexe, é a quarta maior cidade do Marrocos (atrás de Casablanca, Fez e Tânger) e também uma das quatro cidades imperiais do país, junto com Fez, Mequinez e Rabat – essa última a atual capital do Marrocos.

Por estar localizada num oásis, Marrakech tem bastante água. Até o final do século 19, antes da dominação francesa, a cidade tinha 70 metros quadrados de jardins por pessoa. E não se espante de ver muitas árvores frutíferas. A árvore de laranja amarga é considerada símbolo da cidade.

Marrakech também é chamada de “cidade vermelha”, porque todos os prédios por lá têm a mesma cor terrosa. Além disso, você não encontrará arranha-céus.

PRICIPAIS ATRAÇÕES.

*Praça Jemaa el-Fna.

*A Medina de Marrakech.

*Mesquita Cutubia ou Koutoubia.

*Palácio da Bahia.

*Madraça Ben Youssef.

*Palácio El Badi

*Jardim Majorelle.

DESERTO DO SAARA - DUNAS DE ERG CHEBBI.

Uma visita a Marrocos não fica completa sem ir às famosas dunas de areia que todos conhecemos dos filmes. Falo das dunas de Erg Chebbi, situadas no sudoeste do país, perto da cidade de Merzouga, quase junto à fronteira com a Argélia.

A palavra Erg significa um conjunto de dunas e as de Chebbi têm cerca de 5 Km de largura, 22 Km de comprimento e uma altura que chega aos 150m. Não é fácil ter a percepção do que são 150m de altura de areia solta, a não ser quando lá estamos e enterramos os pés, a subir e descer aquela imensidão de grãos finíssimos.

Mas as dunas de Erg Chebbi são muito mais que simples montes de areia. São um misto de sensações, texturas, formas e cores que se modificam a cada minuto como que por magia. A cor da areia é o que mais impressiona. Dependendo da hora do dia, a areia muda de cor passando pelos amarelos, laranjas, rosas, dourados, castanhos e até preto. As texturas e a forma das dunas mudam ao sabor do vento, como se um escultor estivesse permanentemente a criar novas obras de arte. E as pegadas deixadas nas dunas, desaparecem como se aquela areia nunca tivessem pisado.