Equipe especializada com guias experientes.

Marrakech – Ouarzazate – Erg Chebbi – Fez

MARRAKECH 7 DIAS.

A grande duna.

Dia 1: Marrakech

Começamos o nosso roteiro de 7 dias com uma visita à praça Jemaa el-Fna, a mais vibrante e caótica de Marrocos, e uma trajetória pelos coloridos Souks da Medina de Marraquexe.

Dia 2: Marrakech

No segundo dia em Marrakech recomendamos uma visita pelos seus principais monumentos como seja a Mesquita Kutubiya, o Jardim Majorelle, a Medersa Ali Ben Youssef e o Palácio El Badi. Podem ver aqui um roteiro completo  para que preparem o dia o melhor possível.

Dia 3: Marrakech – Ouarzazate

No terceiro dia é hora pegar à estrada e atravessar o Alto Atlas rumo a Ouarzazate. Ainda antes de chegamos a Ouarzazate é imperdivel visitar a impressionante cidade fortificada de Ait Benhaddou e os estúdios de cinema Atlas onde já foram rodados inúmeros filmes, entre os quais “Um chá no deserto”, “Babel” e o “Gladiador”. Se ainda houver tempo podem dar um saltinho ao palmar de Skoura e ao Oásis Finnt.

Dia 4: Ouarzazate – Gargantas do Todra – Tinghir.

Neste quarto dia do nosso roteiro por Marrocos seguiremos viagem em direção às Gargantas do Todra. Depois de uma caminhada pelo gigantesco desfiladeiro até à encantadora localidade de Tinghir com as suas castiças casas de adobe e o seu impressionante palmeiral.

Dia 5: Ouarzazate – deserto.

Neste dia avistaremos paisagens muito diferentes das conhecidas e tomaremos um chá no povoado de Ramlia. Depois, visitaremos seu jardim e logo continuaremos a rota até Merzouga, passando por Erg Chebbi, as únicas dunas saharianas de Marrocos. Chegando até as impressionantes dunas de Merzouga, tomaremos um chá de hospitalidade enquanto descansamos um pouco da viagem. Paramos em albergue e seguimos pelo deserto. Partimos em uma caravana de dromedários de uma hora e meia que nos levará aos pés da grande Duna. Onde iremos apreciar o belo entardecer no deserto.

Jantar em acampamento e alojamento em uma haima no coração do deserto, abaixo de um espetacular manto de estrelas.

Dia 6: Opção 1: Erg Chebbi – Merzouga – Fez.

Neste sexto dia o nosso roteiro divide-se. Depois de uma bela noite no deserto o ideal seria rumarem à cidade de Fez. Contudo, caso tenham o seu voo de regresso a partir de Marrakech, não têm outra alternativa a não ser voltar pelo mesmo caminho que chegamos ao deserto.

Dia 6: Opção 2: Erg Chebbi – Merzouga – Fe

Caso tenham de regressar a Marrakech terás um longo dia de viagem, partiremos o mais cedo possível de Erg Chebbi para não atravessar as montanhas do Alto Atlas de noite.

Dia 7: Opção 1: Fez

A labiríntica Medina de Fez é indubitavelmente a mais autêntica e viva de Marrocos. Garantimos que um dia vai saber a pouco para explorarem todos os seus segredos. Não deixem de visitar o Tannery Chouara, o curtume mais antigo do mundo, onde ainda se opera como na época medieval, e o antigo bairro judeu Mellah.

Dia 7: Opção 2: Marrakech, Cascatas de Ouzoud ou Essaouira.

Neste último dia do nosso roteiro vão ter de tomar uma opção. Ou visitam as Cascatas de Ouzoud (as maiores de Marrocos), a cidade piscatória de Essaouira (antiga Mogador) ou deixam-se ficar por Marrakech a desfrutar do seu vibrante ambiente enquanto descansam da enorme viagem de carro do dia anterior.

Ultima etapa: traslado ao aeroporto de seu destino.

Hoteis a combinar conforme a disponibilidade no momento.

– Incluídos:
– Transporte em veiculo 4X4 com motorista.
– Guia e tradutor: inglês, português e espanhol.
– Alojamento com meia pensão.
– Transferências para aeroportos.
– Passeio de dromedário.

– Não incluídos:
– As refeições do meio dia.
– Bebidas.
– Entradas em monumentos.
– Passagens aérea.

Entre em Contato conosco para qualquer preço de viagem. Obrigado


 

Aventura com quadriciclos nas dunas do deserto em Merzouga.

Marrakech a cidade mais badalada de Marrocos.

Marrakech, no Marrocos, fica num oásis entre a cadeia de montanha Atlas, o deserto do Saara e próxima ao mar Mediterrâneo. Também conhecida como Marraquexe, é a quarta maior cidade do Marrocos (atrás de Casablanca, Fez e Tânger) e também uma das quatro cidades imperiais do país, junto com Fez, Mequinez e Rabat – essa última a atual capital do Marrocos.

Por estar localizada num oásis, Marrakech tem bastante água. Até o final do século 19, antes da dominação francesa, a cidade tinha 70 metros quadrados de jardins por pessoa. E não se espante de ver muitas árvores frutíferas. A árvore de laranja amarga é considerada símbolo da cidade.

Marrakech também é chamada de “cidade vermelha”, porque todos os prédios por lá têm a mesma cor terrosa. Além disso, você não encontrará arranha-céus.

PRICIPAIS ATRAÇÕES.

*Praça Jemaa el-Fna.

*A Medina de Marrakech.

*Mesquita Cutubia ou Koutoubia.

*Palácio da Bahia.

*Madraça Ben Youssef.

*Palácio El Badi

*Jardim Majorelle.

DESERTO DO SAARA - DUNAS DE ERG CHEBBI.

Uma visita a Marrocos não fica completa sem ir às famosas dunas de areia que todos conhecemos dos filmes. Falo das dunas de Erg Chebbi, situadas no sudoeste do país, perto da cidade de Merzouga, quase junto à fronteira com a Argélia.

A palavra Erg significa um conjunto de dunas e as de Chebbi têm cerca de 5 Km de largura, 22 Km de comprimento e uma altura que chega aos 150m. Não é fácil ter a percepção do que são 150m de altura de areia solta, a não ser quando lá estamos e enterramos os pés, a subir e descer aquela imensidão de grãos finíssimos.

Mas as dunas de Erg Chebbi são muito mais que simples montes de areia. São um misto de sensações, texturas, formas e cores que se modificam a cada minuto como que por magia. A cor da areia é o que mais impressiona. Dependendo da hora do dia, a areia muda de cor passando pelos amarelos, laranjas, rosas, dourados, castanhos e até preto. As texturas e a forma das dunas mudam ao sabor do vento, como se um escultor estivesse permanentemente a criar novas obras de arte. E as pegadas deixadas nas dunas, desaparecem como se aquela areia nunca tivessem pisado.